A esquerda está usando o caso dos disparos nos ônibus da caravana de Lula para abafar a revelação do ministro Edson Fachin, feita hoje em entrevista ao repórter Roberto D'Ávilla, da Globo News. 

"Nos dias atuais uma das preocupações que tenho não é só com julgamentos, mas também com segurança de membros de minha família. Tenho tratado desse tema e de ameaças que têm sido dirigidas a membros da minha família", disse Fachin, em entrevista.

Não ficaria surpreso se descobrisse que os tiros nos ônibus foram disparados pelos próprios petistas.