A Lava Toga já está em curso no Rio de Janeiro, comendo pelas beiradas, com foco em grandes escritórios de advocacia, informa o site O Antagonista.

"Antes de chegar a desembargadores e ministros – o que provocaria imediato deslocamento de competência -, a Polícia Federal baterá à porta de seus parentes."

Será que ela chegará também nos membros do STF ?