Quase três meses depois do acidente com o avião da Chapecoense, o jovem colombiano Johan Alexis Ramírez Castro, 15 anos, que ajudou no resgate das vítimas em 29 de novembro do ano passado, ganhou uma casa nova. Localizada bem próxima à antiga residência em que ele vivia com o pai, a mãe e a irmã mais nova, no município de La Unión, na Antioquia, a casa fica em uma região elevada onde o avião caiu às vésperas da final da Copa Sul-americana.

A cor predominante, nas áreas externa e interna, é o verde, que remete à equipe catarinense e também às cores da Fundación Compasión, dedicada a ajudar camponeses na Colômbia e que coordenou a entrega do presente. Mais de 30 voluntários se organizaram para ajudar a pintar, mobiliar e decorar a residência — entregue completa à família. Tudo foi feito a partir de doações de pessoas que se mobilizaram para ajudar o "anjo da Chape".