O ator Bruno Gagliasso ficou no centro de uma polêmica desde que tuítes seus datados de 2009 vieram à tona. Nas mensagens publicadas pelo ator global, ele fazia piadas homofóbicas e misóginas contra lésbicas, “viados” e “mulher feia”.

As mensagens foram resgatadas por internautas após Bruno publicar críticas a respeito da suposta mensagem racista publicada pelo youtuber Júlio Cocielo.

Após o estouro do caso, tanto o ator quanto Giovanna Ewbank, sua esposa, decidiram excluir de suas contas os posts detonando o youtuber.

“Temos que cobrar posicionamento das marcas que o patrocinam, é claro. Mas são os outros famosos que ainda o seguem, e, principalmente, as pessoas comuns, anônimas, que verdadeiramente me preocupam. Apoiar uma pessoa racista é ser conivente, sim (…) É obrigação de todos nós constranger e vigiar nosso círculo social”, dizia um post republicado por Bruno Gagliasso.

Bruno chegou a perder alguns patrocínios por conta da polêmica.