Após a descoberta de vários tweets considerados preconceituosos envolvendo homossexuais e mulheres, o ator Bruno Gagliasso começa a perder patrocínios.

O Banco Itaú, através do Twitter, informou que “não aceita qualquer tipo de preconceito e discriminação” e que “o ator citado não faz mais parte das campanhas ativas“.

Outros cinco patrocinadores, Nextel Brasil, Renault Brasil, Listerine Brasil, Havaianas Brasil e Olympikus Brasil, ainda não se posicionaram. 

Confira: