O candidato esfaqueado por um militante de esquerda durante um ato de campanha em Juiz de Fora, Jair Bolsonaro, está internato no CTI do hospital Albert Einstein. 

Ele não poderá participar dos debates na TV com outros candidatos. No entanto, ele já deixou avisado que não quer ser substituído. 

O aviso, segundo a Crusoé, foi dado na noite desta segunda-feira, a seu vice, o general Hamilton Mourão. 

"Vamos permanecer fora dos debates até que ele se recupere", disse Mourão. 

O general também afirmou que não acionará o TSE para essa possibilidade