Um executivo de uma empresa de rede elétrica transmitiu pela webcam, acidentalmente, o momento em que fazia sexo com uma funcionária.

Ele havia acabado de transmitir uma reunião para cinco cidades na China e acabou se esquecendo de desligar a câmera após a conferência. Em seguida, o homem passou a fazer sexo com uma funcionária sobre a mesa da sua sala. 

O vídeo rapidamente se espalhou e o executivo da China Southern Power Grid, de Guangzhou, capital da província de Guangdong, acabou virando celebridade nas redes sociais chinesas. 

Dois empregados da companhia elétrica estatal foram presos sob acusação de vazar o vídeo da relação sexual. Eles serão indiciados por difamação e por espalhar "falsos rumores", contou a imprensa local. 

O executivo envolvido não teve o nome revelado. A mulher que aparece nas imagens seria uma jovem funcionária subordinada ao executivo.