O caso aconteceu no condado de Sumter, na Flórida, Estados Unidos. A polícia local predeu uma mulher que dirigia alcoolizada. 

Os policiais começaram a questionar a moça que tentava fugir das acusações alegando que era apenas uma cristã dedicada.

“Jesus bebia vinho, e eu também”, disse Nicole Ann Mintner, de 45 anos, segundo o jornal New York Post. 

Inicialmente, a mulher disse que havia tomado apenas um comprimido de Xanax, mas, após os policiais encontrarem quatro garrafas vazias dentro do veículo, ela admitiu estar embriagada. 

A motorista foi liberada nesta segunda (4), após pagar fiança de US$ 6 mil.