Elizabeth Flint, de 21 anos, foi presa sob acusação de ter feito sexo na sua própria casa com um aluno adolescente, conta a coluna Page Not Foud, do Extra.  

As relações sexuais na residência em Lombard (Illinois, EUA), em abril.

Flint é estagiária voluntária de pedagogia no ensino médio. 

"Ela usou sua posição de autoridade para abusar sexualmente do menor em três diferentes ocasiões", disse Robert Berlin, promotor público, de acordo com o "Daily Herald".

Os abusos foram descobertos quando o pessoal da escola suspeitou do comportamento de Flint e alertou os administradores. 

A estagiária foi liberada após pagar fiança. A primeira audiência do caso está marcada para 4 de junho.

Elizabeth Flint Foto: Divulgação/DuPage County State's Attorney