Uma escultura da Virgem Maria que parecia estar chorando em uma igreja no Novo México está sendo investigada depois que descobriram que suas lágrimas eram azeite de oliva. 

A estátua, localizada na igreja católica Nossa Senhora de Guadalupe, em Hobbs, passou por uma análise química que foi determinado que o líquido é “um azeite perfumado”.

A diocese também examinou o interior da estátua e determinou que nada havia irregular.

"Não há nada no interior que não deveria estar lá, exceto por teias de aranha", disse ele  o bispo Oscar Cantu, da diocese, ao  Las Cruces Sun News. “Então tiramos fotos; nós examinamos isso”.

Cantu disse que tem que investigar se as lágrimas são uma farsa, mas, ele disse: “mesmo se fosse (uma farsa), não temos certeza de como isso seria feito, fisicamente. Porque é bronze endurecido. Examinamos o interior e não há nada no interior".

Testemunhas afirmam que a imagem exala um odor de rosas e que têm obtido "graças" ao tocar na estátua, segundo reportagem do "Sun News".


Com informações da Fox News e Page Not Found.