O Facebook retirou do ar nesta quarta-feira uma rede de páginas e contas usadas por membros do grupo ativista Movimento Brasil Livre (MBL), disseram fontes à Reuters.

A medida faz parte dos esforços para reprimir perfis enganosos antes das eleições de outubro.

Segundo comunicado do Facebook, 196 páginas e 87 contas no Brasil foram desativadas devido a participação em “uma rede coordenada que se ocultava com o uso de contas falsas no Facebook, e escondia das pessoas a natureza e a origem de seu conteúdo com o propósito de gerar divisão e espalhar desinformação”.

O comunicado não identifica as páginas ou usuários envolvidos.

O MBL se manifestou no Facebook a respeito do assunto: