Em depoimento hoje na Justiça Federal, o ex-ministro Antônio Palocci revelou que o dinheiro repassado pelo lobista Mauro Marcondes a Luis Cláudio Lula da Silva teve origem em pagamento pela aprovação da Medida Provisória que beneficiou as montadoras Caoa e Mitsubishi.

O filho de Lula pediu a Palocci de dois a três milhões de reais para a TouchDown. O ex–ministro então foi falar com o ex-presidente sobre a ajuda e escutou do ex-presidente que não era para se envolver, pois ele já estava resolvendo o problema com Mauro Marcondes, seu amigo desde os tempos de sindicalismo.

De acordo com Palocci, o próprio Lula lhe confirmou que o dinheiro sairia daquela transação com MPs.


Estamos recomeçando do zero. Nos ajude: Curta a página Growp no Facebook