O crime aconteceu na noite de quinta-feira (9), em Mogi das Cruzes , segundo a polícia. De acordo com a polícia, um caseiro de um sítio foi morto a facadas pelo próprio filho. 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser chamado, mas a vítima não resistiu aos ferimentos. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial como homicídio qualificado.

O motivo da briga seria o excesso de bebida alcoólica. “Eles ficaram bebendo durante todo o dia de quinta-feira”, denunciou o dono do sítio. 

Ele também esclareceu que ouviu uma gritaria e de repente viu o filho do caseiro passando por ele, falando que ia buscar um facão para degolar o próprio pai. Sem entender ao certo o que estava acontecendo, o proprietário ligou para a Polícia Militar.

Os policiais que atenderam o caso relataram que o filho da vítima, um ajudante de 22 anos, ao ser abordado no sítio, confessou que matou o pai.

No entanto, na delegacia o suspeito ficou em silêncio. Ele está preso e vai responder por homicídio qualificado.