Em artigo publicado pelo Estadão neste sábado, o general Rômulo Bini Pereira defendeu a candidatura de Jair Bolsonaro.

“Dentre as razões da aceitação de Bolsonaro por parte da população, sobressai a sua integridade pessoal, observada na longa vida parlamentar sem nenhuma mancha”, disse.

O militar, que já foi chefe do Estado-Maior, também atacou os adversários do deputado, em especial os de esquerda: 

“De seus opositores, inúmeros estão envolvidos nessa corrupção desenfreada que se alastra pelo Brasil, e há até os que atuaram na luta armada fratricida.”