O eminente General Mourão deu sua primeira entrevista coletiva à jornalistas substituindo Bolsonaro. 

Bolsonaro foi esfaqueado durante um atentado terrorista de militante de esquerda. Ele se recupera no hospital, mas ficará de fora da campanha no primeiro e segundo turno. 

No vídeo, Mourão demonstra bastante calma e responde a todas as perguntas de forma firme e segura. Falou sobre pesquisas suspeitas, segurança e a grande imprensa que ataca constantemente o candidato esfaqueado.  

Por fim, Mourão terminou a entrevista com uma salva de palmas e gritos de incentivos daqueles ali presentes. 

Confira: