O vice-presidente, general Hamilton Mourão, humilhou O Antagonista ao defender a promoção do filho Antônio, que ganhou cargo de assessor especial da presidência do Banco do Brasil.

Mourão diz que Rubem Novaes escolheu o rapaz por “excelentes serviços, conduta irrepreensível e por absoluta confiança pessoal do presidente do banco”.

"Meu filho, Antônio, ingressou por concurso no BB há 19 anos. Com excelentes serviços, conduta irrepreensível e por absoluta confiança pessoal do Presidente do Banco foi escolhido por ele para sua assessoria. Em governos anteriores, honestidade e competência não eram valorizados.", disse o eminente militar da reserva no Twitter.

Confira:

Curta a página O Patriota no Facebook