Durante um encontro com correspondentes estrangeiros, o ministro Gilmar Mendes declarou, nesta sexta, 4, que o ex-presidente Lula “é inelegível” por força da Lei de Ficha Limpa.

Segundo a revista Exame, ele disse:

“Tenho pra mim que hoje está definido que ele (Lula) é inelegível, por força da Lei da Ficha Limpa”, declarou.

Segundo o ministro, é compreensível o comportamento do PT uma vez que o partido “não tem um plano B.” 

“Eles não têm nenhuma outra força que racionalize isso, apesar de ter outros nomes”, emendou.