O ministro Gilmar Mendes mandou soltar há pouco Milton Lyra, apontado pela PF como operador do MDB, informa Lauro Jardim em O Globo.

Lyra estava preso desde abril desde ano, quando foi deflagrada a Operação Rizoma.

Ele havia acabado de ser denunciado pela Lava-Jato no Rio de Janeiro, junto com outros 14 nomes envolvidos na Operação Rizoma. 

Entre eles, Wagner Pinheiro, o ex-presidente dos Correios de Dilma e Marcelo Sereno, ex-tesoureiro do PT.

Até quando vamos ter que assistir Gilmar soltando investigados ?