Scott Garrett, de 56 anos, foi flagrado dirigindo em zigue-zague por uma rodovia interestadual na altura de Port St. Lucie (Flórida, EUA) . 

Ao ser parado pela polícia, deu uma resposta um tanto inusitada: 

"Quem estava dirigindo o carro era o meu cachorro", disse.

Os policiais encontraram no banco do carona uma garafa de rum aberta. Os agentes ressaltaram no boletim de ocorrência que Scott era o único ocupante do veículo.

O americano foi preso por dirigir alcoolizado - a concentração de álcool no sangue de Scott estava três vezes acima do limite permitido no estado, segundo o site "Smoking Gun".

Segundo o Page Not Found, esta é a quarta vez que Scott é preso por dirigir sob efeito de bebida alcoólica. 

A primeira, no entanto, em que culpa o cão.