O relator da Lava Jato no STF, ministro Edson Fachin, segundo O Antagonista, disse a jornalistas esta manhã:

"Eu, já de muito tempo, tenho subscrito uma visão crítica do chamado foro privilegiado por entendê-lo incompatível com o princípio republicano, que é o programa normativo que está na base da Constituição brasileira."

O relator da Lava Jato no STF acrescentou que os ministros precisarão verificar se essa questão ocorrerá na corte ou no Congresso.