Um suspeito de estupro foi preso e levado para a 5ª DP (área central) na manhã desta terça-feira (14/8). 

Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal, no momento em que foi detido, o homem se apresentou como integrante do Movimento Sem Terra (MST) e estaria em Brasília para participar das manifestações pró-Lula.

Segundo informações do Metrópoles, o crime teria ocorrido no Núcleo Rural Boa Esperança II, próximo à Granja do Torto. O suspeito foi detido por populares após a vítima, que trabalha em uma chácara, dizer que foi arrastada para o mato e ter sido abusada por volta das 8h30.

A vítima então começou a gritar e o caseiro, que estava por perto, a ajudou, assim como outros populares. 

Segundo a PM, além da violência sexual, o suspeito teria tentado enforcá-la.

A vítima está com perfurações no corpo feitas por pedras e galhos, além do pescoço machucado devido à tentativa de enforcamento.

Segundo a PM, o suspeito é de Goiás. Ele foi levado à DP. 

Na delegacia, uma testemunha contou que o homem disse estar acampado com o MST. 

Ele tem 10 passagens pela polícia em Goiás, segundo a PM. A maioria por ameaça.

O Diario do Poder publicou um vídeo do momento da prisão: