Mais dois presos que faziam parte do Primeiro Comando da Capital (PCC) foram mortos.

Desta vez, os crimes aconteceram a Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga, no Complexo Prisional de Alcaçuz, na região metropolitana de Natal. 

Os corpos de Lázaro Luís de França Ferreira, 34 anos, conhecido como “Nego Lázaro”, e Shakespeare Costa de França, 24 anos, chamado de “Sheik”, estavam amarrados pelos pescoços com lençois às grades de uma cela. 

Eles foram encontrados por agentes penitenciários na noite desse domingo, 25.


Com Estadão.