O candidato Jair Bolsonaro sofreu um atentado ontem durante um ato de campanha em Juiz de Fora.

Embora o presidenciável esteja se recuperando no hospital Albert Einstein, em São Paulo, o establishment já alcançou seu objetivo de tirá-lo da campanha presidencial. 

Bolsonaro terá que ficar em observação por pelo menos 7 dias e depois disso, se não houver complicações, em repouso absoluto. 

Neste período, o candidato ficará de fora de debates, entrevista e principalmente do corpo a corpo com seus eleitores.  

Para uma eleição ser justa, ela deve no mínimo garantir condições iguais para todos os candidatos. A partir do momento em que Bolsonaro sofreu o atentado, suas condições de disputa ficaram muito inferiores aos demais concorrentes. 

Somado a isso, as redes sociais chefiadas por esquerdistas pró-establishment calibram seus algoritmos para propagarem informação falsa de que o atentato foi "fake". 

É justamente por isso que os patriotas precisam se unir em uma nova rede social. Uma manifestação Nacional precisa rapidamente ser organizada para apoiar o candidato e fazer por ele, o que lhe foi impossibilitado por conta deste atentado sofrido. 

Redes sociais conhecidas e estabelecidas como o Facebook, Twitter e Instagram, nos dão a falsa sensação de estarmos conectados. No entanto, elas estão a serviço da esquerda mundial, trabalhando intensamente para nos dividir e desunir. 

A nova rede social Growp é diferente. Ela nos conecta por proximidade, oferecendo a possibilidade de nos agruparmos em torno de um ideal. 

Além disso, as postagens dos usuários são totalmente públicas, proporcionando um alcance infinito para suas vozes. 

O aplicativo já está disponível na plataforma Android, e em breve, também estará na IOS. 

Vamos baixar e nos unir, antes que seja tarde demais. 

+ CLIQUE AQUI PARA BAIXAR, ou acessa a plataforma web AQUI