O dono da Riachuelo, Flávio Rocha e seus parceiros do MBL, estão negociando com o ex-capitão do Exército e presidenciável Jair Bolsonaro. 

De acordo com José Fucus, do Estadão, “Flávio Rocha se encontrou há cerca de um mês com Bolsonaro, em São Paulo, e com Paulo Guedes, na semana passada, no Rio de Janeiro, quando estava acompanhado de Renan Santos, um dos coordenadores do Movimento Brasil Livre (MBL), e de outros integrantes do grupo.

Bolsonaro disse a Rocha que ele ‘seria bem-vindo’, se quisesse se agregar à sua equipe, e Guedes afirmou que ele poderia ser um bom nome para compor a chapa como vice-presidente.”