O candidato à Presidência líder nas pesquisas, Jair Bolsonaro (PSL), confirmou nesta segunda-feira (13), que processará o adversário Guilherme Boulos (PSOL).

Na última quinta-feira (9), durante debate na TV Bandeirantes, Boulos afirmou que Bolsonaro era “racista e homofóbico”.

“Ele vai ser processado. Me chamou de racista”, falou Bolsonaro. 

Segundo o site Poder 360, a declaração foi feita em conversa com a imprensa. Momentos antes de falar sobre Boulos, Bolsonaro mostrou um vídeo em que um negro o chamava de nazista. 

O capitão na reserva do Exército falou que acionaria sua área jurídica para processar o autor do vídeo.