Uma mulher contou a O Globo que foi abusada quatro vezes por João de Deus.

“De acordo com a paulista, de 28 anos, enquanto a fazia masturbá-lo, o médium rezava o Pai Nosso.”

João é conhecido mundialmente pela fama de "milagreiro". 

O centro espírita onde atende chega a receber 10 mil visitantes mensalmente: mais da metade da população de Abadiânia (19 mil habitantes), onde atende.

Até o momento, cerca de 40 mulheres já registraram denúncia contra o curandeiro.