Os deputados Jovair Arantes (PTB-GO) e Rogério Rosso (PSD-DF) fizeram um pacto de não-agressão e acertaram apoio mútuo no segundo turno da votação para a escolha do novo presidente da Casa. A informação é do Congresso em Foco.

 Rosso fez questão de comparecer à solenidade de lançamento da candidatura do petebista nessa terça-feira (10) e sinalizou que apoiará o amigo caso fique fora de uma eventual disputa final. 

“Hoje vim aqui pessoalmente pedir votos para Jovair. Ele é um deputado carinhoso, amoroso, amigo fantástico. Fiz questão de vir aqui. Se o outro candidato me convidar, mando um representante”, discursou Rosso. 

Os dois comandaram a comissão especial do impeachment: o deputado goiano foi o relator que recomendou a abertura de processo contra a então presidente Dilma; já o do Distrito Federal presidiu o colegiado.

Arantes e Rosso disputarão a presidência contra Rodrigo Maia, atual presidente da casa.