A Lava Jato deflagrou hoje a Operação Pão Nosso. Foram presos na manhã desta terça (13) o delegado Marcelo Martins, atual Diretor Geral de Polícia Especializada, e o ex-secretário da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) na gestão do ex-governador Sérgio Cabral, o coronel César Rubens Monteiro de Carvalho, 

Ao todo são 14 mandados de prisão, sendo 9 temporárias e 5 preventivas.

A operação investiga um esquema de superfaturamento e fraude no fornecimento de pão para os presos que teria desviado cerca de R$ 73 milhões dos cofres públicos.

As irregularidades envolvem o funcionamento de padarias dentro do complexo de Bangu.