Léo Pinheiro, da OAS, confirmou ao juiz federal Sérgio Moro que o codinome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva era ‘Brahma’.

“Essa expressão se referia ao ex-presidente Lula, por causa de uma propaganda que existia que a Brahma é a número 1”, afirmou.

O juiz Sérgio Moro então quis saber por que não usavam o nome de Lula.

“Para não expor as figuras públicas e nós tínhamos como prática”, relatou.

A onda perfeita para prisão de Lula está criada.