A defesa do ex-presidente Lula vai solicitar a saída da prisão do petista para acompanhar o velório do neto, Arthur Araújo Lula da Silva, de 7 anos.

A criança morreu no início desta tarde de sexta, 1, em Santa André, vítima de meningite meningocócica.

A Lei de Execução Penal, no artigo 120, prevê que presos em regime fechado, semiaberto ou provisórios podem obter permissão para sair do estabelecimento, mediante escolta, no caso de falecimento de cônjuge, companheiros, ascendentes, descendentes ou irmãos.