Michel Temer se reunirá amanhã pela manhã com Raul Jungmann (ainda ministro da Defesa) e os comandantes das Forças Armadas.

O assunto, pode ser um possível decreto de Estado de Defesa. 

O presidente tentará de tudo para se manter no cargo, pois sabe que se sair, será preso.