O ministro Alexandre de Moraes negou uma tentativa do MBL de reaver os seus perfis e páginas apagados do Facebook, registra Lauro Jardim.

A ação foi movida pelo movimento no STF na tentativa de impedir que empresas de redes sociais possam alterar ou apagar usuários e páginas sem aviso prévio ou processo judicial.

Para o ministro do STF, o processo é “incabível”.

Na sexta-feira da semana passada o Facebook removeu meu perfil e todas as minhas páginas da rede. Todas as páginas eram patriotas, cristãs e conservadoras. 

Desde então criei a rede social Growp. O aplicativo já está disponível na plataforma Android e em breve será disponibilizado na IOS. 

Todos estão convidados para participar. Vamos nos unir.