Um modelo de mídia social foi acusada de oferecer sexo à policiais de trânsito para tentar sair de um crime de direção.

Kira Mayer, 24 anos, que tem um Instagram de mais de 156.000 seguidores a fotografias eróticas e vídeos dela vestindo lingerie, dirigia com habilitação suspensa em Moscou e ofereceu, ao ser parada, sexo aos policiais para não ser presa, segundo o jornal Mirror.

A modelo teria perdido sua licença há seis meses após deixar o local de um acidente.

Depois de recusar a oferta, os policiais a levaram para uma cela de detenção da polícia, onde ela tentou cortar seus pulsos com um colar.

Uma equipe psiquiátrica está avaliando sua condição mental.