O motorista Carlos Alberto Pocente trabalhou para Antonio Palocci por 30 anos contou, em depoimento que levou o ex-ministro “até diversos banqueiros e sedes dos bancos”.

Disse Pocente:

“Que se recorda de ter levado Palocci em muitas oportunidades ao banco Safra, bem como à residência de seu proprietário; que já levou Antonio Palocci em inúmeras oportunidades até a residência de André Esteves”, declarou, ressaltando que a “residência de Esteves ficava próxima da casa de Palocci”.

O motorista contou ainda que as visitas “geralmente ocorriam à noite” e que levou Palocci também ao banco Santander, assim como na residência de Marcelo Odebrecht, “recordando-se de episódios em que presenciou Lula, Leo Pinheiro e outros, no local”.