Uma mulher de 37 anos despencou do terceiro andar e caiu no gramado de um prédio na Asa Sul de Brasília, informa o G1

O marido dela foi preso por suspeita de te-la jogado. Carla Graziele Rodrigues Zandoná foi levada com vida para o Hospital de Base, no centro da capital, mas morreu no local.

O marido, Jonas Zandoná, de 44 anos, foi levado à delegacia com sinais de embriaguez. Ele resistiu à prisão e declarou não se lembrar de nada.

Vizinhos afirmam que, minutos antes da queda, o casal estava brigando, e que discussões do tipo eram constantes.

De acordo com o sargento Sérgio Pereira, da Polícia Militar, Carla Zandoná apresentava um corte profundo no pescoço. Outro fato que chamou a atenção foi a forma como ela caiu. 

“Foi encontrada de costas ao chão”, declarou, o que descartaria a hipótese de suicídio.

O caso é investigado como feminicídio.