O ex-deputado federal Jean Wyllys, que abandonou seu mandato que iria iniciar em fevereiro após afirmar que foi ameaçado, decidiu “se refugiar” na Espanha.

O país, segundo o Estadão, foi escolhido por causa do idioma. Jean pretende ser professor nas universidades locais.

Se fosse pelo idioma, Jean poderia ter escolhido Cuba ou Venezuela.