Policiais civis da Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis de Itabaiana (DAGV) prenderam, na manhã desta quinta-feira (9), um homem de 40 anos, com mandado de prisão preventiva em aberto, suspeito de abusar sexualmente da filha de 10 anos.

Segundo a acusação, o pai da menina teria se utilizado de um aplicativo de mensagens para tentar convencer a vítima a fazer sexo com ele. Sem sucesso, ele passou a ameaçá-la através das mensagens até conseguir que a vítima encaminhasse fotos íntimas dela.

As investigações conseguiram comprovar que a linha telefônica usada para a troca de mensagens pertencia ao homem, que teve sua prisão preventiva decretada e vai responder por estupro de vulnerável.

A delegada do caso fez um apelo para que as vítimas ou testemunhas de crimes dessa gravidade não deixem de denunciar.

A Polícia Civil de Itabaiana assegura que através do Disque-Denúncia 181 as investigações são iniciadas e o anonimato é garantido.