Os advogados do ex-ministro Antonio Palocci, estão tentando fechar um segundo acordo de delação premiada, informa a Folha de S. Paulo

Desta vez, o acordo está sendo tratado com a força-tarefa da Operação Lava Jato no Ministério Público Federal de São Paulo.

A conversa com o MPF-SP justifica-se porque os supostos crimes teriam acontecido no estado.

Palocci já tem um acordo de colaboração premiada assinado com a Polícia Federal paranaense.