A Polícia Federal pediu ao ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo, a prorrogação do inquérito que apura se os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff agiram para atrapalhar as investigações do caso. As informações são do site Jota.

Além dos dois, são alvos do inquérito os ex-ministros José Eduardo Cardozo, Aloízio Mercadante e dois ministros do Superior Tribunal de Justiça.

Iniciadas em março de 2016, as investigações são baseadas na delação premiada do ex-senador petista Delcídio do Amaral, que acusou o governo petista de deflagrar uma ofensiva nos tribunais superiores contra a Lava Jato.


Créditos: O Antagonista.