O jornal O Globo informa que a Polícia Federal (PF) tem indícios de uma possível conexão entre políticos brasileiros e o traficante Luiz Carlos da Rocha, o Cabeça Branca, que foi preso no dia 1º de julho de 2017, em Mato Grosso. 

Ele é apontado como um dos maiores traficantes internacionais de drogas da América do Sul, inclusive com negócios em dezenas de países.

A ligação apareceu com o doleiro Carlos Alexandre de Souza, o "Ceará", que foi preso hoje, terça-feira, durante a Operação "Efeito Dominó". 

Segundo as investigações da operação, que apura os crimes de lavagem de dinheiro proveniente do tráfico internacional de drogas, a verba obtida pelo traficante, repassada ao doleiro, estaria sendo usada no pagamento de propina a políticos.

Por mais que já desconfiávamos, é assustador saber que isso pode ser verdade.