Paulo Vítor Barbosa Lopes, policial militar de 37 anos, morreu após uma tentativa de assalto em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, no fim da noite desta quarta-feira.

Segundo informação do Extra, o PM foi atingido no tórax e no braço.

Paulo Vítor é lotado no 21º BPM, de São João de Meriti. Colegas do 20º BPM faziam uma ronda pela região, quando se depararam com um corpo no chão.

Segundo testemunhas que estavam no local, a pessoa teria acabado de sofrer uma tentativa de assalto. Os agentes então olharam a identidade do homem que estava caído e identificaram que se tratava do PM Paulo Vitor, que estava de folga nesta quarta-feira.

Ele chegou a ser levado com vida para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI), mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo a PM, os bandidos reconheceram que o agente se tratava de um policial e por isso atiraram contra Paulo Vítor. Paulo Vítor é o quarto agente de segurança morto no Rio só nesta semana. 

Três militares morreram após confronto com traficantes numa operação das Forças Armadas no Complexo do Alemão, na última segunda-feira.