A explosão do pneu de uma máquina motoniveladora, no balneário Cassino, em Rio Grande, Litoral Sul gaúcho, resultou na morte de uma menina de 13 anos. 

No momento em que operava, a maquina estava à serviço da prefeitura. A menina foi atingida por uma parte do aro da máquina que estava do outro lado da rua, no momento em que ela havia saído da escola e passeava com os amigos.

Geovana Xavier Barbosa chegou a ser socorrida e levada  ao posto de saúde do Cassino. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Há duas linhas de investigação: Uma perícia será feita na máquina para saber se havia condições de uso, e outra, conduzida pela  Delegacia da Criança e do Adolescente que investigará se houve má conduta do motorista ou negligência da empresa responsável pela manutenção da motoniveladora.

Os envolvidos poderão responder por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar.

A prefeitura, que contratou a empresa, disse que a licitação do serviço previa máquina em condições e operador habilitado.

No entanto, é papel da prefeitura em contratar uma empresa eficiente.