A PGR está quase pronta para apresentar uma denúncia contra o ex-presidente do Senado Renan Calheiros e outra contra o atual presidente do Senado,Eunício Oliveira, ambos do PMDB. 

Segundo o Expresso, após muito investigar, a Procuradoria-Geral da República reuniu elementos para acusar Eunício de receber propina da Hypermarcas, em troca de ajuda à empresa numa Medida Provisória.

Rodrigo Janot está perto de deixar o comando da PGR, mas não fará isso sem antes promover alguns estragos na política brasileira. 

O segundo semestre começará quente em Brasília.