A situação da Venezuela está cada vez mais complicada e pode resultar até mesmo em uma guerra mundial. 

Isso porque na manhã desta sexta-feira, a porta-voz da diplomacia russa, Maria Zajarova, acusou os Estados Unidos de usarem a ajuda humanitária à Venezuela como “pretexto para ação militar”.

“Uma perigosa provocação, de grande magnitude, inspirada e dirigida por Washington, a saber a entrada pela fronteira venezuelana de um suposto comboio humanitário está prevista para 23 de fevereiro.”

Na madrugada desta sexta-feira, o ditador Nicolás Maduro mando seu exército fechar as fronteiras com o Brasil e com a Colômbia.