O Radar da revista Veja conta que o escritor Fernando Morais e o juiz Sergio Moro trocaram farpas na manha desta segunda (11).

Chamado para ser testemunha de defesa do petista em ação sobre o sítio de Atibaia, Morais, que escreve uma biografia do ex-presidente, disse que o acompanha desde 2010.

Em depoimento, o escritor tentou fazer propaganda para Lula e rapidamente foi interrompido pelo juiz da Lava Jato. 

O momento aconteceu quando Morais citava Bono Vox e comparava Lula a Nelson Mandela.

Moro pediu para que o diálogo não entrasse para os autos do processo.