Os sogros são os principais suspeitos de terem enterrado Márcia Martins Miranda, assistente social desaparecida desde o dia 2 de outubro.

O corpo dela foi encontrado na tarde de segunda (5), enterrado nos fundos de uma casa no bairro Rio Pequeno, zona oeste de São Paulo. 

Márcia teria ido ao banco com a sogra para abrir uma conta para os filhos, e não foi mais vista desde então.

De acordo com uma moradora do bairro, a casa estava vazia, mas foi alugada recentemente por um casal. 

Segundo ela, desde o dia do aluguel, no final de setembro, movimentações estranhas passaram a ocorrer na rua, sempre pela noite. Ainda de acordo com essa moradora, recentemente um caminhão entregou um carregamento de caixotes de madeira na residência. 

A dona do imóvel disse que durante a permanência do casal na casa, os pisos foram trocados, justamente no lugar em que o corpo estava escondido.

Os sogros da vítima foram presos. 

O 51° DP, que atende a região, informou que a ocorrência foi encaminhada ao Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).