Acaba de terminar, neste momento, o procedimento cirúrgico realizado pelos profissionais do Hospital Israelita Albert Einstein no presidente da República Jair Bolsonaro.

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Palácio do Planalto. A cirurgia, que demorou mais de 9 horas, durou mais que o triplo previsto inicialmente. 

“O boletim médico será divulgado tão logo seja autorizado pela equipe médica. Às 17h haverá briefing à imprensa com o porta-voz da Presidência da República, general Rego Barros, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo”, informou a assessoria.

Foram realizados os procedimentos de retirada da bolsa de colostomia e o religamento do intestino. O procedimento começou por volta de 6h30, segundo informou a assessoria de imprensa da Presidência.

A operação foi comandada pelo gastroenterologista Antonio Luiz Macedo. O filho do presidente Carlos Bolsonaro acompanhava a cirurgia dentro do centro cirúrgico.

Agora, os médicos devem ficar atentos ao pós-operatório, que requer cuidados. A previsão é que Bolsonaro fique internado por uma semana para se recuperar da cirurgia. 

Essa é a terceira cirurgia que Bolsonaro passa como decorrência do ataque a faca de que foi alvo em setembro, quando era candidato à Presidência e fazia campanha em Juiz de Fora (MG).

Jair Bolsonaro ficará em repouso por 48 horas, período no qual Hamilton Mourão exercerá a Presidência.