O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, e a embaixadora norte-americana na Organização das Nações Unidas (ONU), Nikki Haley, anunciarão nesta terça-feira que os EUA se retirarão do Conselho de Direitos Humanos da ONU, disse uma fonte do governo do presidente Donald Trump à Reuters.

Os EUA vinham pressionando há tempos pela renovação do conselho (que reúne 47 países) por ver nele um viés "anti-Israel crônico", nas palavras de Haley.

O Conselho de Direitos Humanos da ONU foi boicotado pelos EUA durante três anos durante a gestão do presidente George W. Bush e voltaram ao organismo em 2009, já no governo de Barack Obama.


Com Folha, Exame e Reuters.