A censura de conservadores nas redes sociais está ficando cada vez mais clara. Desta vez, foi o filho de Jair Bolsonaro, Flávio, quem foi banido. 

Ele publicou no Instagram que seu celular, com milhares de grupos, foi excluído do Whatsapp. 

"A perseguição não tem limites!
Meu WhatsApp, com milhares de grupos, foi banido DO NADA, sem nenhuma explicação!
Exijo uma resposta oficial da plataforma.
#MarketeirosDoJair", escreveu Flavio na publicação. 

Antes do início da campanha, PapoTV também foi vítima da censura esquerdista. A rede social Facebook excluiu nossas páginas com mais de 6 milhões de seguidores. 

Desde então, começamos o projeto Growp. Trata-se de uma rede social para patriotas conservadores. 

Quem quiser participar, basta baixar o app na plataforma Android

Confira a postagem de Flávio Bolsonaro: