Uma nova rebelião em Manaus deixou pelo menos três mortos na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no centro da capital do Amazonas, na madrugada deste domingo. O motim foi confirmado à Rede Amazônica pelo secretário de Administração Penitenciária do estado, Pedro Florêncio Filho, de acordo com o portal G1. Policiais, bombeiros e peritos do Instituto Médico Legal estão no local.

Pelo menos cinco pessoas foram mortas durante uma rebelião. As informações são da Rede Amazônica.

A penitenciária é a mesma que recebeu detentos transferidos após o massacre em presídios que resultou na morte de 60 pessoas. Houve tumulto no local na tarde desta sexta-feira (6). De acordo com a Polícia Militar, os presos reclamam da estrutura do lugar, que abriga mais de 200 na capela e na enfermaria da unidade prisional.